sábado, 1 de fevereiro de 2014

Parque Lage

Pois é...rs

A tantos pedidos, vos apresento o Parque Lage.

Antigo engenho de açúcar na época do Brasil Colonial. Em 1660, passou a pertencer à família Rodrigo de Freitas Mello. 

Em 1859, parte da fazenda passa a ser propriedade de Antonio Martins Lage. Os anos se passam, a chácara vai parar em outras mãos, mas, em 1920, um neto de Antonio Martins Lage, o empresário Henrique Lage, a compra. Amante das artes, Henrique Lage apaixona-se e casa-se com a cantora lírica italiana, Gabriela Besanzoni. Para agradar a artista, manda construir uma réplica perfeita de um “palazzo romano”, e reformula parte do projeto paisagístico.

O amor é lindo, né gente ?


Vamos apreciar e sentir esse romantismo...





































































Haviam algumas exposições de telas realizada por alunos da oficina de artes do parque.








































































Os jardins que cercam a casa fazem parte do Parque Nacional da Tijuca. São organizados de forma geométrica e o entorno compreende 52 hectares de floresta exuberante, com variedade de espécies da Mata Atlântica, nas encostas do Maciço do Corcovado e ao lado do Jardim Botânico.




























A visita deles... 













Em meio todo o verde que nos refresca diante desse calor todo, excelente passeio, a dois, a três rs, com a  família, amigos e turistas... rs. Sem contar que não paga-se pela visitação. Legal, né?

Grande Beijo,

Dadá Ferreira.







Fonte: http://www.eavparquelage.rj.gov.br/eavText.asp?sMenu=VISI