quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Brigitte Bardot



Oi galera,

Lembra quando mencionei aqui que sobre o projeto de fotografar os monumentos importantes de nossa cidade? Pois bem, já registrei algumas já postadas e vamos seguindo nessa ideologia.

O Feriadão que passou, estive rapidamente em Búzios, conforme última matéria postada aqui. Gostaria muito de mostrar Búzios no geral, mas infelizmente não fotografei por conta da cidade estar mega lotada. 

Fui admirar e por em prática, mais uma vez, o projeto dos monumentos.

A vez foi de Brigitte Bardot.

Sim, ela mesma. Aquela francesa e atriz que foi conquistada pelas paisagens de Búzios e veio no verão de 1964 e mudou a vida dessa pequena cidade do litoral do Rio de Janeiro.
 Ficou hospedada em suas visitas pelo Brasil, na companhia do namorado e viveu muitos anos no Brasil. Depois da visita de Bardot, acompanhada diariamente pela imprensa e recheada de fotografias, Búzios foi 'descoberta', virou município e tornou-se um dos pontos mais sofisticados e procurados do verão brasileiro, inclusive por estrangeiros. 

Em sua homenagem , a Prefeitura local criou a Orla Bardot, na Praia da Armação, e instalou ali uma estátua de bronze da atriz em tamanho natural.















Em 1977 atraiu atenção mundial para sua causa ao denunciar in-loco o massacre de bebês-foca no norte do Canadá. Em 1986, ergueu uma fundação, Fondation Brigitte-Bardot, declarada de utilidade pública pelo governo francês em 1992.

Entre outras causas, ela atuou e liderou campanhas contra a caça das baleias, as experiências em laboratório com animais, pela proibição de brigas autorizadas entre cães e contra o uso de casacos de pele.

Bastante polemica, o grande momento veio quando ficou sabendo que estava grávida, ela tentou abortar, mas não conseguiu nenhum médico que aceitasse esconder a notícia, pois ela já havia se submetido a dois abortos dolorosos durante o tempo que esteve casada com Roger Vadim.


Sua carreira também foi marcada por inúmeras tentativas de suicídio. Em 25 de janeiro de 1959, o Los Angeles Times noticiou em sua capa que Brigitte Bardot estava se recuperando de uma crise nervosa na Itália, e que teria tentado se suicidar a base de comprimidos para dormir. No entanto, a notícia foi negada alguns dias depois por um dos agentes de imprensa de Bardot, na tentativa de não comprometer sua imagem.











Show né? 

Beijos,

Dadá Ferreira



Fonte: